Igreja Apostólica do Brasil Região Pernambuco

IGREJA APOSTÓLICA DO BRASIL REGIÃO PERNAMBUCO

PREGAMOS O QUE A BÍBLIA NOS ENSINA, SOMOS UM POVO PENTECOSTAL DE DOUTRINA APOSTÓLICA E BATIZAMOS EM NOME DE JESUS (ATOS 2:38) SOMOS 100% UNICISTA.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

A IMPORTANCIA DO CASTIGO ou BENEFICIO DO CASTIGO



Hoje quero falar de um tema importante e até meio esquisito! 

Quero falar da importância do castigo!


A Bíblia diz que Deus castiga aquele que ele ama! Ao inverso do que o mundo diz e pensa…


o castigo é sinal de amor!


Um Pai que nunca repreende seu filho quando erra, um pai que nunca castiga seu filho…


NÃO O AMA! (eu poderia falar MUITA COISA SOBRE ESSE TEMA –


pois essa ideologia nova de “como criar filhos”, não está dando certo) mas isso é tema para outro dia!


Hoje quero falar de um outro lado do castigo…


o castigo que nos traz alivio e nos traz paz!


“O CASTIGO QUE NOS TRAZ A PAZ…” Isaias 53


Todos nós já erramos… e quando erramos, sabemos que erramos (pois nossa consciência nos acusa)!


Quem já não sentiu o peso acusatório da consciência por algo errado que fez?


Eu sempre digo, que o “peso mais pesado do mundo, é o peso da consciência”!


A gente não “vive”… quando tem algo que nos acusa! Perdemos o apetite, o sono, a alegria…


tudo nos é tirado, quando escondemos algo errado que fizemos!


E qual a solução para aliviar essa dor? Confessar e pagar pelo erro!


É engraçado, mas a grande verdade é que quando somos castigados por algum mal que fizemos,


aquilo nos tranquiliza!


É como um marginal que pratica um crime e vai para a cadeia… aquele tempo que ele fica preso,


teoricamente é um “pagamento de uma divida com a sociedade”. Se nesse tempo, ele reflete,


se arrepende e muda de vida… aquele castigo lhe traz paz!!!


Quando ele é solto, ele pode viver com a cabeça erguida, pois ele pagou pelo seu erro!


Assim são as coisas de Deus! Quando erramos e cometemos pecado, além do arrependimento,


devemos enfrentar o castigo que aquele erro produz! Quando somos disciplinados,


isso mostra que somos amados, e que estamos sendo curados!


O grande mal do mundo e das Igrejas, é que os

“erros não são mais erros” e o Pecado não é mais pecado…


Nesse sentido, tudo está sendo abrandado!


As penas estão cada vez mais leves e até substituídas para por “cestas básicas e etc.”!.


Isso está gerando uma sociedade propensa ao erro!


Afinal de contas… NINGUÉM MAIS É CASTIGADO! E SEM CASTIGO…


NÃO HÁ PAZ (nem na alma e nem na consciência
LEMBRE-SE, o castigo nos traz paz e mostra que somos amados!


Nunca rejeite o castigo e a repreensão!





Robert Cleveland Lambeth